4.16.2007

Capitulo 2

Silenciosamente tens invadido o meu pensamento de tal modo que me sinto arrebatada por uma felicidade invulgar, não apenas quando estas comigo, mas porque estamos juntos...

2 comentários:

viriato_iceview51 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
joaquim disse...

esse tem sido o dilema de muitos e a alegria e conforto de poucos, aqui a escritora mais uma vez relata passagens de vivencia emocional da civilizaçao humana ao longo dos seculos quantos de nos ja esprementaram a sensaçao de estar numa sala repleta de pessoas conhecidas e sentir-se so e abandunado..e outras vezes sentir-se completo mesmo que a sua alma gemia esteja longe... valeu mais uma vez